Quando a amizade rápido floresce

quarta-feira, 18 de julho de 2018


Se tem uma coisa da qual eu dou valor e cuido como um tesouro, essa coisa se chama amizade. Eu tento ao máximo ser uma boa amiga para todos e em todas as situações. 
Claro que nem sempre eu acerto, não sou perfeita e sei que já errei muitas vezes com pessoas que eu só quero o bem. Faz parte, tudo é aprendizado. Se fosse fácil não faria sentido tentarmos ser pessoas melhores a cada dia e a cada experiência, não acham?
Esse ano eu comecei o curso de inglês em uma nova escola e logo no começo fiz amizade com a Kamilla, menina inteligente, engraçada, querida e que animava a turma toda com seus comentários. Logo descobri que ela é geminiana assim como eu. Não que eu acredite em horóscopo, mas eu acho tudo sobre esse assunto bem interessante.
Um dia a Kamilla disse que queria tirar algumas fotos e eu disse 'ah, eu sempre tiro fotos das minhas amigas, não sou fotógrafa, mas sempre saem bonitas' e aí já começamos a combinar de sair pra fotografar, nesse mesmo dia que a Kamilla falou pra mim 'aí tiramos fotos, comemos alguma coisa e ficamos amigas' hahahaha achei esse comentário tão fofo ♥
Por que todo mundo não é amigo nesse mundo? Tudo seria mais fácil.
Logo depois a Débora que veio lá de Goiânia pra estudar arquitetura em Curitiba entrou para o grupo e olhem só, ela é geminiana também! A Débora é mais quietinha, mas é engraçada, inteligente e arrasou na pose para as fotos haha!
Enfim, sou muito grata pelas pessoas queridas que Deus coloca em meu caminho e espero que essa amizade se estenda por muito e muito tempo.
Agora vamos as fotos que tirei das meninas e algumas minhas. Como disse, não sou fotógrafa mas gosto de fotografar. 



Kamilla tem bolsas e camisetas com os melhores dizeres! :)





As fotos foram tiradas no Museu Oscar Niemeyer, no Bosque do Papa e em algumas ruas próximas a esses lugares.



Bem lokas!





Débora só no carão haha! Isso que ela nunca tinha tido experiência em ser fotografada.


Mulher, solta a tua voz.


Segundo a Débora eu sai de um clipe da Avril Lavigne usando essa saia haha, adorei!













Defina Kamilla em uma frase: "não vem não que eu sou louca!"







O crusch respondeu HAHAHA





Adorei essa foto <3




O post ficou longo, não se importem. 
Mas agora quero saber de vocês, qual importância das amizades na sua vida?

Music Monday

segunda-feira, 16 de julho de 2018


Olá pessoas queridas do meu coração hahaha!
Hoje temos a indicação da banda Trophy Eyes, uma banda da qual descubro junto com vocês. 
É que recentemente a banda compartilhou o vídeo da nova música “You Can Count On Me”, o mais novo single que fará parte de seu novo álbum The American Dream com estréia prevista para o dia 3 de agosto pela Hopeless Records.  
Resolvi assistir ao clipe e acabei ouvindo a música sem parar diversas vezes seguidas. É muito legal e animada e então compartilho essa novidade com vocês.
Dando uma rápida pesquisada descobri que Trophy Eyes é uma banda da cidade de Newcastle, Austrália formada em 2013. De lançamentos a banda possui um EP Everything Goes Away (2014) e os álbuns Mend, Move On (2014), Chemical Miracle (2016) e The American Dream (2018).
A banda é formada pelos integrantes: John Floreani (vocalista), Jeremy Winchester (baixo e backing vocal), Andrew Hallett (guitarra), Kevin Cross (guitarra) e Blake Caruso (bateria).

Falando sobre o significado do single, o vocalista John Floreani disse que:

"'You Can Count On Me' é sobre o tratamento de músicos e artistas em plataformas de mídia social e serviços como uma voz para aqueles que optam por não se defender.
De muitas formas, 'You Can Count On Me' é um retrocesso - uma voz para aqueles que escolhem não se defender contra a crescente mentalidade que envolve os artistas na era da música moderna. Artistas costumam ser idolatrados. Com o surgimento das mídias sociais, é como se os ouvintes achassem que nos conhecessem o bastante. Eles seguem cada movimento nosso e fazem julgamentos sobre o nosso caráter com base em uma foto que possam ter visto, ou uma declaração que alguém possa ter feito.”

É uma banda legal, ouvi algumas outras músicas e até que gostei. Não é nada tão diferente ou incrível, mas é uma boa banda. E dentre as músicas que ouvi essa do post de hoje é a que eu mais gostei até agora. Espero que vocês gostem também! :)

"Alguns dos meus amigos vendem drogas
Mas eu acabei de vender músicas tristes
Para os que se sentem sozinhos
Você pode contar comigo quando tudo der errado
Todo mundo quer saber
Onde tudo desmoronou
Pegue minhas peças
E junte novamente como arte
Eu encontrei algo que eu amo
E eu deixo quebrar meu coração
Não, a dor não vai embora
Quando a música parar
Obrigado a todos que compraram ingressos para meus shows
Eu coloquei todo o dinheiro que você gastou no meu nariz
O que você acha que eu te devo?
Eu não te dei o suficiente?
Bem, eu posso encher uma sala cheia de rostos que eu não conheço
Mas eu não consigo ver os que amo
Eu sempre fui tão duro comigo mesmo
Um pedaço de mim em todas as músicas
Eu dei tudo para você; cinco anos da minha vida
E você ainda acha que eu fiz errado
Me ame ou me odeie
Ninguém vai dizer que você está errado
Mas não há nada que você possa fazer ou dizer para mim
Isso vai me machucar mais do que nunca
Eu tenho um lado fraco
Eu passei anos sozinho e sem amor
Mas eu consegui sair
E estou feliz agora
Eu sou seu amigo, eu sou seu irmão, eu sou seu amante, eu sou seu filho
Alguns dos meus amigos vendem drogas
Mas eu acabei de vender músicas tristes
Para os que se sentem sozinhos
Você pode contar comigo quando tudo der errado"





Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter
Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

Ensaio Street - Parte 04

quinta-feira, 12 de julho de 2018


Bom dia pessoal, hoje temos a parte final das fotos desse dia. Pra quem não sabe, eu fui convidada para tirar algumas fotos bem 'streets' com quatro fotógrafos ao mesmo tempo, então cada foto ficou com um olhar diferente, muito legal! :)
As fotos de hoje foram registradas pelo Diego e eu adorei o resultado! Os click foram feitos na Rua São Francisco, uma rua bem alternativa por assim dizer. Tem bares, baladas, teatro e durante a noite o lugar enche de gente curtindo a noite curitibana. Tem pessoas que tem certo receio desse lugar por achar perigoso, mas se você estiver acompanhado e passar por lá durante o dia ou em horários em que tem bastante movimento é bem tranquilo.

Se você quiser ver os outros posts desse ensaio estão aqui:

Ensaio Street - Parte 03



Fiquei bronzeada? HAHAHAH


Quantos metros eu tenho? HAHAHAH



Toda tatuada ela HAHAHHA!


Amei essa ♥






Sol, eu te amo!



E essas foram as fotos desse ensaio, eu simplesmente amei! Espero que vocês também tenham gostado e até o próximo post. Beijos! ♥

Acompanhe o Diego nas redes sociais:

Facebook
Hey I'm With The Band