Music Monday

segunda-feira, 17 de setembro de 2018


Bom dia pessoas lindas ♥
Hoje é dia de indicar aqui uma banda bem legal chamada American Authors, já conhecem? Aquela banda da música "Best Day Of My Life" ?
Bom, American Authors é uma banda de indie rock de Boston, Massachusetts, Estados Unidos formada em 2007 pelos amigos de escola Zac Barnett (vocal e guitarra), James Adam Shelley (guitarra e banjo), Dave Rublin (baixo) e Matt Sanchez (bateria).
Antes de serem conhecidos como American Authors a banda tinha como nome The Blue Pages e até gravaram um álbum chamado "Anthropology and Rich With Love" antes de mudarem de nome em 2012.
A discografia da banda ainda é pequena, tem dois álbuns lançados: Oh, What a Life (2014) e What We Live For (2016). 
Sobre a música de hoje se chama "Deep Water" e de momento não está em nenhum álbum. A música tem dois clipes muito bons, o meu preferido é esse primeiro aqui do post; tem coreografias, dramatização, eu posso sentir a energia dos atores. Eu adoro vídeos que tem trabalho de corpo e expressões, é muito artístico e bonito.
A letra da música também me tocou muito, é realmente deep haha. Vejam os vídeos e me digam qual gostam mais! :)

"Isso vai e volta como ondas
Sempre recomeça, mas nunca é igual
Bem, acho que tem algo de errado comigo
Não tenho nada em que acreditar
Não consegue ver isso na minha cara?
Eu estava atrás do título, mas fui atingido pelo seu maremoto
Não posso ficar no raso
Por, favor, me diga que não serei levado pela água
Quando eu for puxado para baixo, você me tornará mais forte
Você será o meu ar dentro da água profunda
Me leve mais longe, me dê um dia a mais
Você será o meu ar dentro da água profunda
Nem mesmo arranhei a superfície
Pensando que mereço o sonho
Mas não mereço a dor
Eu quero a chama sem a queimadura
Mas não consigo encontrar meu propósito
Quando eu não sei qual é o meu valor
Quando estou afundando como uma pedra
Pelo menos sei que não estou sozinho"



Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter

Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

TAG: Sunshine Blogger Award

quinta-feira, 13 de setembro de 2018


Wow, quanto tempo eu não respondo uma TAG! Porém antes tarde do que nunca não é mesmo? A Bruna do blog Bruna Morgan me indicou para o Sunshine Blogger Award, que consiste em responder dez perguntas e depois fazer mais dez para os próximos indicados.
Fiquei bem feliz que a Bruna lembrou de mim haha, eu amo o blog dela e suas ilustrações, ela é muito talentosa! ♥
Vamos as respontas:

Perguntas da Bruna:

01. Significado do nome do seu blog?
O nome vem do livro I'm With The Band: Confissões de uma Groupie, pra quem não sabe groupies são fãs de bandas de rock que vão atrás dos seus ídolos em todos os lugares e sonham em ter uma relação amorosa com os mesmos.



02. Seu melhor momento do dia?
Quando eu chego em casa depois de um dia de trabalho e estudo, nada melhor do que relaxar.

03. Um doce favorito?
Eu amo todos os tipos de doce, mas escolho chocolate ao leite.

04. Quem você gostaria de abraçar agora?
Me veio na cabeça Sean Mackin, ele era o violinista da banda Yellowcard e lembro do abraço que recebi dele até hoje; ele me olhou, abriu os braços e me abraçou com um jeitinho de que estava feliz em me conhecer pessoalmente.


05. Seu último sonho esquisito?
Não sou de sonhar muito, ainda bem porque não gosto, mas se não me engano esses dias eu sonhei que estava jogando na mega-sena haha.

06. Qual seria seu nome se pudesse escolher quando nasceu?
Nunca tinha pensado nisso... eu gosto do meu nome e não faço ideia de qual nome escolheria pra mim mesma hahaha.

07. Uma música que não sai da sua cabeça?
Acho que de momento a música que não sai da minha cabeça é "High Hopes" do Panic! At The Disco.


08. Como seu eu do passado se sentiria se visse como você está agora?
Acho que meu eu do passado se sentiria orgulhosa de mim por saber que venci algumas batalhas, conquistei coisas que desejava, melhorei e mudei alguns pensamentos mas também estaria me dando algumas broncas para deixar o medo, a preguiça e o comodismo de lado e ir atrás dos meus sonhos de uma vez por todas.

09. Uma cidade (de qualquer país) que gostaria de visitar?
Varsóvia na Polônia, meu coração ainda está lá ♥


10. Qual era seu sonho quando criança?
Eu sonhava em ser famosa! Cantora, atriz, apresentadora, sair por aí distribuindo autógrafos, tirando fotos e dando entrevistas HAHAHAHAHA, eu adorava brincar que era famosa.

Minhas perguntas:

01. O que você mais gosta do mundo dos blogs?
02. Que horas você vai dormir e que horas você acorda normalmente?
03. Se tivesse a opção de saber como será o seu futuro, você gostaria de saber?
04. Qual o nome do seu bichinho de estimação?
05. Qual música que passa uma mensagem bacana deveria ser obrigatória a todos? 
06. Cite uma frase inspiradora que você gosta.
07. Você prefere escrever com lápis ou caneta?
08. Qual seu medo mais esquisito?
09. Acredita em signo? Qual é o seu?
10. Qual sua rede social preferida?

Blogs indicados:

The Fancy Cats
Tips and Confessions
O Pequeno Lírio
Pam Lepletier
Alegoria da Primavera
Oxi Falei

Mal posso esperar para ver a resposta de vocês! ♥
Espero que tenham gostado da TAG e até o próximo post. 
Beijos!

Music Monday

segunda-feira, 10 de setembro de 2018


Hello!! Hoje temos um dos clipes mais lindinhos que eu já vi ♥ de uma banda que eu gosto muito chamada Bayside
Bayside é uma banda formada em 2000 em New York e apesar dos anos de estrada sinto que eles não são tão reconhecidos como deveriam. Na minha opinião acho as músicas e letras muito boas, sem contar a voz do vocalista que é diferente e peculiar, fazendo toda a diferença dentre as outras bandas do mesmo estilo, que é pop punk.
Mas pra isso que temos o Music Monday não é mesmo? Eu faço a minha parte em divulgar bandas legais e que  devem ser apreciadas com mais carinho e atenção.
A música de hoje se chama “It Don’t Exist” é a música inédita que estará presente em seu mais novo lançamento Acoustic Volume 2. Uma continuação do Acoustic de 2006. O mais novo projeto da banda será lançado dia 28 de setembro de 2018, pela Hopeless Records. Além da música inédita o álbum contém dez versões re-imaginadas de músicas de toda a discografia da banda. Sobre o trabalho o vocalista Anthony Raneri comenta:

"Este álbum é estritamente para os fãs, mais do que qualquer outro lançamento ou disco. Nós não queríamos apenas tocar as músicas como elas foram escritas em guitarras acústicas, nós colocamos muito tempo em reimaginá-las. Queríamos dar nova vida a algumas das músicas que os fãs adoram, incluindo algumas que nunca foram tocadas ao vivo.”

O Acoustic Volume 2 foi produzido em Franklin, Tennessee, com Jon Howard, músico e produtor que trabalhou com Paramore, Dashboard Confessional e New Found Glory. Howard faz parte de uma comunidade local fora de Nashville que inclui membros dessas bandas, assim como Yellowcard, Saves The Day, produtor vencedor do Grammy Nick Raskulinecz e Raneri, entre outros. 
Segundo o comentário de um site de onde retirei essas informações esse álbum "evoca o espírito de performances clássicas como MTV Unplugged do Nirvana ou os passeios mais aventureiros de The Cure". Achei uma baita comparação!
Sobre o clipe devo dizer que é um amor! É simples, singelo e traduz tudo o que o amor é.
“It Don’t Exist” é estrelado pelos atores Jonah Ray (Mystery Science Theatre 3000) e Deanna Rooney (Hidden America). 
Vejam o clipe, vale muito a pena. Aproveitem e mandem pra quem vocês gostam, aposto que todos irão gostar! ♥

"Eu estava triste
Eu era velho e você era nova
Eu confundi minha morte com felicidade
E se isso não é amor, então isso não existe
Cinco da manhã, ainda estou acordado
Pensando naquele dia fiel
Quando eu beijei seus lábios e sabia que ia morrer
E se isso não é amor, então o amor é uma mentira
O céu não vai cair
Bem, talvez seja
E mesmo que você nunca ligue, eu ainda ouço você 
Mesmo se os jornais disserem para ficar dentro de casa o dia todo
Vou me arriscar com a chuva
Você disse "tchau"
Eu disse "ok, vou esperar enquanto você está fora"
Eu sempre soube que tinha chegado a isso
E se isso não é amor, então nada é"


Créditos:

Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter

Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

New Experiences

quinta-feira, 6 de setembro de 2018


Oi pessoal! 
Hoje temos fotos lindas aqui no blog. Foram experimentos que deram super certo!
Na minha casa temos uma árvore de laranjas, super deliciosas e este ano deu muita laranja! Postei essas fotos no Instagram e no Twitter  e a Carol adorou as fotos e já imaginou em criar algo legal fotografando essas laranjas.
Pensamos em algumas coisas e aqui está o resultado! Eu simplesmente amei as fotos, achei que ficaram no estilo editorial de moda conceitual, bem artístico e original.
É incrível como podemos criar tantas coisas legais e se expressar de diversas maneiras e com tão pouco. Espero que vocês gostem das fotos! ♥





As cores dessas fotos ficaram maravilhosas! Uma amiga disse que passa a sensação de "refrescante".




Bem protegida de gripes e resfriados com muita vitamina C



Mais ao final do post revelo o que deu esse efeito as fotos haha!








Essas fotos foram tiradas no quintal da minha casa. Nunca achei que o lugar daria boas fotos e olha só que sensacional, a Carol conseguiu deixar o ambiente muito bonito. 
Essas frutas atrás não são as laranjas, o pé de laranja é bem mais alto; aí são limões. 








Meu gato é muito modelo ♥


Everything is going to be alright
Be strong, believe


Thanks for the memories
Even though they weren't so great

Agradeço com por cada contato, com cada alma com quem cruzei no caminho.
Todas as pessoas que passam pelas nossas vidas, todos os encontros tem uma razão de ser, tudo faz parte de um plano maior. E isso corresponde a dizer que por mais que hoje você ainda não seja capaz, por mais que não se imagine assim, em algum momento da jornada você será grato por cada um que fez parte da sua caminhada.



Babosas, muitas babosas de minha mãe.





Agora as fotos dos bastidores! A Carol mesma quem fez essa make em mim e como sombra usamos um batom laranjado que na verdade ficou rosado.



Hmm laranja gostosa!


Patrocínio Guilherme e Santiago HAHAHAHAH


Esse foi nosso estúdio topíssimo! 
Uma toalha de mesa da Carol como fundo, banqueta e almofada de casa e tudo certo!

Gostaram? Eu como já disse adorei essas fotos, amo fotos diferentes e originais e fiquei mais feliz ainda em ter tido bons resultados no quintal de casa. 
Me contem o que acharam! ♥

Acompanhe a Carol nas Rede Socias:
Instagram
Curta a página no Facebook 

Tô cansada

terça-feira, 4 de setembro de 2018


Isso é um desabafo, então você nem precisa ler ok? Nem precisa me dizer nada, é só um amontoado de palavras e sentimentos que eu precisava compartilhar em algum lugar.

E mais uma vez eu fui dormir chorando depois de trocar algumas palavras com ele.
Não que ele seja o motivo das minhas lágrimas, a pior parte já passou.
Mas chorei por ser sozinha. Sou imensamente grata pela família, amigos e colegas que tenho.  
Mas sou sozinha.
Até hoje nunca tive um amor. Até hoje nunca foi recíproco. 
Me sinto extremamente mal por gostar de quem não gosta de mim e eu não saber valorizar quem demonstra gostar de quem sou hoje. Juro que eu tento, mas sei lá o coração não bate mais forte, é triste.
Não quero magoar ninguém, mas nem sempre as pessoas pensam o mesmo e de um jeito ou de outro sempre acabam me magoando.
Sempre aquela mesma frustração e o sentimento de que não sou suficiente.
Eu adoro ver vídeos e ler textos motivasionais e de auto-ajuda, mas cara, isso tem me parecido tão superficial.
Ok ajuda de momento, mas não tem como fugir do que eu sinto. Não dá.
Esses dias assisti aquele vídeo da Jout Jout sobre solidão achei incrível, mandei pra amigas e tudo; percebi o quanto somos influenciados pela sociedade.
Mas aí parei pra refletir sobre mim e eu não gosto der ser sozinha, eu não quero ser sozinha. Eu tenho planos para o futuro que quero dividir com alguém.
Cadê os vídeos e os textos que tratam do assunto "eu não quero ser sozinha, faço minha parte e não é recíproco, não é suficiente, o que fazer para resolver"??
Onde está? Alguém por favor me manda o link do texto que diz que "vai dar tudo certo, você vai encontrar o amor da sua vida em 01 mês" porque isso de "um dia, espere, no tempo certo, acredite..." cara, tô de saco cheio desses clichês!
Eu tenho 27 anos e até agora não tive um relacionamento amoroso saudável.
Todos os dias me pego analisando quais são meus defeitos, o que tem de errado comigo. 
Eu sei que tenho qualidades, mas sempre me questiono sobre elas. 
Eu quero ter a experiência de crescer junto, de aprender, melhorar, ensinar; de saber que o outro gosta de mim além da minha aparência física, mas também do meu jeito de ser.
Eu quero gostar do outro, poder demonstrar isso sem medo, sem medo de ser rejeitada, sem medo de ser a 12° opção.
Tô bem cansada disso sabe. Não quero ser uma pessoa frustrada que tem pensamentos tristes todas as manhãs.
Não quero virar os olhos quando vejo um casal bonitinho se abraçando pela rua achando que aquilo é tudo mentira.
E por favor não me digam que eu primeiro preciso me amar, gostar da minha própria companhia e blá blá blá.
Eu me amo sim, mesmo com dificuldade de auto-aceitação eu sei que sou incrível e eu gosto de ficar comigo mesma, afinal passei 27 anos sendo apenas eu.
E por favor não falem que idade não importa, que cada um tem seu tempo etc... De certa foma eu acredito nisso, mas sério, é deprimente ver que minha prima e minha sobrinha de 15 anos já namoram e eu aqui totalmente perdida, sem nem saber o que opinar em assuntos relacionados a isso porque eu simplesmente não sei o que falar, eu nunca vivi isso até hoje.
Pode até ser que eu não goste de namorar e prefira a liberdade, mas como saber se eu nunca tive nada nem próximo disso? E como eu disse eu tenho planos que quero dividir com alguém, não quero ser uma pessoa frustrada no futuro e totalmente sozinha. Cara, eu não gosto de ficar sozinha!
Ficar uma tarde sozinha, resolver algo só tudo bem, precisamos do nosso tempo, mas eu quero compartilhar outras coisas, dividir outros sentimentos que não competem a minha mãe, aos meus amigos ou colegas de trabalho. É outra vibe e tem momentos que a falta disso quase me mata. 
Tenho a impressão de que eu sou anormal ou então eu sou incrível demais e ninguém tá afim de se arriscar junto comigo. Que droga!
É fácil dizer que precisamos aprender a ser sozinhos, mas e quando não queremos ser sozinhos? Isso é algo que não depende só de nós e aí como que resolve essa parada?
Tô cansada.
Foi mal aí o texto mal escrito, meio triste e revoltada, mas é que eu precisava desabafar isso, compartilhar com alguém sabe? Eu não falo sobre isso com ninguém, nem com as minhas amigas porque sei que elas iriam me julgar de certa forma e elas não sentem como eu sinto, então esse sentimento fica guardado aqui dentro e tem certas crises em que eu quase sufoco de pensar nisso.

Music Monday

segunda-feira, 3 de setembro de 2018


Hoje é dia de compartilhar com vocês uma música dessa banda que eu tenho ouvido sem parar chamada With Confidence. Já indiquei a banda em 2017 nesse post. 
Mas dando uma relembrada, With Confidence é uma banda de pop punk australiana formada em 2012 que tem como integrantes Joshua Brozzesi (bateria), Inigo Del Carmen (backing vocal e guitarra) e Jayden Seeley (vocal e baixo).
Depois de dois 2 EPs; Youth e Distance e dois álbuns Better Weather (2016)  e Love And Loathing (2018) os caras estão cada vez mais conhecidos no meio. 
Eu particularmente adoro os dois álbuns lançados, todas as músicas são ótimas e vale muito a pena parar e olhar essa banda com mais atenção.
A música indicada de hoje se chama "Jaded" e está no mais recente lançamento da banda. Sobre o significado da música o vocalista explica:

“É a ideia de não ser o que outra pessoa quer. Se esforçar muito para se encaixar nessa ideia que nunca vai realmente se encaixar e se sentir realmente deprimido com relação a isso”.
Jayden revela que a música foi escrita sobre um relacionamento passado. Durante as turnês, ele diz que não foi capaz de dar ao relacionamento o tempo e a atenção necessários. Quando alguém na turnê mostrou que ele tinha perdido várias ligações, ele disse que percebeu a realidade da situação. “Eu me senti como uma pessoa realmente ruim, e eu fiquei tipo 'Por que estou fazendo isso com essa pessoa? Por que estou fazendo isso comigo mesmo? '”
Depois de refletir sobre como ele tentou ignorar os sinais, escreveu a música sobre como se sentiu naquele momento em um dia de folga em um estacionamento do Walmart.
Resumindo 'Jaded' explora o emaranhado, confusão e auto-aversão que sentimos como consequência.

O clipe foi gravado durante a Vans Warped Tour deste ano e tem todo o clima que só esse festival proporciona. Fiquem com a tradução e em seguida o vídeo. Espero que gostem! ♥

"Eu perdi sua ligação novamente
Isso realmente me fez sentir uma merda
Você diz que há razões para acreditar que isso vale o risco
Você continua reclamando que eu nunca dou atenção para você
Como quadrados para círculos, estou certo de que não podemos passar
Eu quero respirar
Você quer sangrar
Eu quero te amar
E eu gostaria de poder ser tudo o que você precisa
Eu gostaria de poder encontrar todas as coisas que você está procurando
Eu gostaria de poder dizer o que você precisa ouvir, mas
Eu nunca serei, nunca verei, tudo que você precisa
Seu futuro é mais brilhante que a luz que você coloca em tudo que você faz
Você já pensou em mim da mesma maneira que eu penso em você?
Eu quero dizer que vou ficar e não ficar sozinho
Estou com medo de estragar todas as suas cores se você chegar perto demais
É isso que você precisava?
O que você precisava?
É isso que você precisava?"


Créditos:

Curta a página da banda no Facebook
Siga a banda no Twitter

Siga a banda no Instagram

Apoie a cena!

Cover da Vez #09

sexta-feira, 31 de agosto de 2018


Hoje é dia de compartilhar com vocês uma banda da qual eu gosto muito fazendo cover de outra banda que eu gosto muito. The Offspring tocando a música "No Control" do Bad Religion
Em 2014 os caras fizeram uma turnê chamada "Summer Nationals Tour" com duas lendas do punk rock, Bad Religion e Pennywise e na época aproveitaram a oportunidade para disponibilizar alguns covers dos dois grupos; “Do What You Want” e “No Control” do Bad Religion e “No Reason Why” do Pennywise. Dentre esses três covers a minha música preferida é "No Control" então por isso resolvi escolher essa para mostrar hoje aqui. Eu simplesmente adoro tanto a versão original quanto o essa versão do The Offpspring. Lembro que na época fiquei bem empolgada sobre essa música haha! Espero que gostem.
Para ver os posts anteriores desta categoria, clique abaixo:


Música original:


Quem aí gosta de punk rock? Cover aprovado?
Hey I'm With The Band